São Paulo – A taxa de desemprego total da Região Metropolitana de São Paulo voltou a subir em abril e atingiu 20,6% da População Economicamente Ativa (PEA), segundo dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) realizada pelo Seade/Dieese. Foi o quarto mês consecutivo de aumento na taxa de desemprego, que atingiu o maior patamar desde que a pesquisa começou a ser realizada, em 1985. Em março último, a taxa havia ficado em 19,7% e, no mesmo mês de 2002, em 20,4% da PEA. No mês passado, 110 mil pessoas passaram a fazer parte do contingente de desempregados na Região Metropolitana de São Paulo. Esse aumento é explicado pela incorporação de 129 mil pessoas à PEA, número bastante superior às 19 mil novas ocupações geradas em abril.