Dois técnicos em enfermagem e um motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Belo Horizonte foram levados para a delegacia acusados de omissão de socorro na tarde de domingo (9). Segundo informações da Polícia Militar, a equipe foi acionada para resgatar um aposentado de 68 anos com crise respiratória, no Aglomerado do Morro do Papagaio, no Bairro São Pedro.

Ao chegarem ao local, se recusaram a entrar na favela, alegando falta de segurança, mesmo acompanhados da Polícia Militar, gerando a omissão de socorro, de acordo com informações da PM. O aposentado acabou socorrido por militares e encaminhado Hospital Odilon Bherens. Em seguida, a própria PM deteve os integrantes da equipe médica e os encaminhou à delegacia. Eles foram liberados após depoimentos, segundo a PM.