Os jovens nascidos em meados dos anos 90 a 2010, são nomeados como geração Z. Eles nasceram em um ambiente totalmente digital e têm como atributos a facilidade de comunicação e a proatividade, além de serem autodidatas e descolados. Portanto, quando se fala em carreira profissional, esse grupo tem características de não ter apego por instituições e cargos, desejam autonomia e variedade de experiências, almejam encontrar um trabalho com flexibilidade e tenham harmonia com seu estilo de vida. Diante disso, as companhias têm dificuldades de atrair e reter esses talentos em suas equipes.

+Viu essa? Empresa com 150 vagas de emprego em Curitiba faz mutirão para contratação

Por conta deste comportamento, as instituições precisam cada vez mais ficar antenadas com esse cenário e criar programas que estimulem os jovens, muitos deles em início de carreira e em cargos de estágio, a se identificar com a companhia e o mercado de trabalho em si. “Um dos anseios que esse jovem busca é a autonomia. É um perfil que procura empreender e atuar. Quando a cultura da empresa disponibiliza esse atributo, como criar e participar de algumas decisões, faz com que ele sintonize suas expectativas diante da sua jornada profissional”, explicou Segundo Richard Vasconcelos, CEO da Leo Learning, empresa de soluções digitais para treinamentos corporativos.

“Outro ponto é a oportunidade de se destacar. Uma ação interessante é oferecer a possibilidade de testar funções em diferentes ambientes de trabalho. Já existem organizações que são parceiras e se unem para oferecer variedade de carreira. Além disso, não podemos deixar de citar o ativismo. Esses profissionais se encantam por companhias que encampam campanhas de diversidade e até mesmo em propósitos que mostram a preocupação com os mais vulneráveis como, por exemplo, aquelas que possuem ações voluntárias em suas etapas de processos seletivos”, explica Vasconcelos.

LEIA TAMBÉM:

> Coca-Cola abre mais de 1,5 mil vagas de emprego, quase 400 são no Paraná

> Empresário de Curitiba cria lanche inovador e faz sucesso; Conheça

>Vagas de emprego abertas em Curitiba e região: confira lista com as oportunidades

Como atrair a Geração Z?

O primeiro passo está na realização de mudanças na cultura da empresa, que muitas vezes é vista como antiga e nada atraente. Richard ainda frisa que algumas empresas já estão percebem esse movimento e estão em busca de ferramentas que ajudem a conquistar esse público seguindo uma tendência inovadora. “Temos variados treinamentos para diversos tipos de profissionais, setores e cargos. Notamos que as companhias estão cada vez mais em busca de novidades tecnológicas que conversem diretamente com esse perfil de colaborador, os novos estagiários”, complementa Vasconcelos.

Treinamento para empresas engajar os jovens

Diante desse cenário, a Leo Learning desenvolveu o primeiro treinamento feito para o engajamento e a capacitação desses profissionais, intitulado como ‘Programa Super Estagiários’. A companhia, conhecida por desenvolver soluções digitais para empresas de todos os tamanhos e segmentos, irá fazer uma live para trazer insights sobre as novas formas de realizar a formação de estagiários, além de mostrar atitudes que oferecem desenvolvimento profissional e estimulam a entrega de resultados na empresa. O evento acontece no próximo dia 24 de agosto, a partir das 9h.

Richard explica ainda que o encontro visa reforçar a importância das empresas modificarem a oferta de treinamento e cursos. Em sua visão, esse é um aspecto essencial para manter a geração atual de jovens engajada. “Para isso, criamos uma ferramenta de gamificação. Toda a nossa linguagem foi pensada para falar diretamente com esses jovens, de forma que eles possam se identificar. Isso atrai a atenção e faz com eles se sintam no próprio universo”, conclui.

Serviço

Evento: Programa Super Estagiários
Data:
24 de agosto (terça-feira)
Horário: 9h às 12h30
Link para inscrições

Web Stories

Pega Pega

Treta! Nelito dá um soco em Julio por causa de Cíntia

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz sabe!

Gigante!!

Nova Havan será quatro vezes maior que a loja que será abandonada em Curitiba

Lindas!

Cinco árvores exóticas e raras de Curitiba