A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, negou nesta terça-feira (22), durante a divulgação do balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que seja candidata à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2010. "Não sou candidata", afirmou.

A ministra disse que reage com "profundo cansaço" aos rumores de que ela poderá ser candidata do PT ao cargo. "Esses boatos não me beneficiam e prejudicam o andamento do PAC", disse.