A presidente Dilma Rousseff garantiu hoje que o governo irá reconstruir a Estação Antártica Comandante Ferraz, da Marinha, destruída no sábado, por um incêndio. “Nós vamos reconstruir”, afirmou ela, acrescentando que os técnicos irão definir as condições e a melhor forma de fazer isso. Ela advertiu que já havia a intenção de modernizar as instalações da estação. E agora, depois da tragédia, isto será colocado em prática.

Dilma destacou a “atuação extremamente heroica” do primeiro sargento Roberto Lopes dos Santos e do suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo, que morreram no acidente. “Eles não titubearam em arriscar suas vidas para salvar as pessoas que estavam ali na estação”, frisou Dilma. “Para o Brasil é um momento de perda e são em momentos como esses que percebemos que o País é formado de heróis anônimos, de pessoas que sacrificam suas vidas para salvar a vida de outros”, disse.

A presidente participou na manhã de hoje da entrega de 480 unidades habitacionais a famílias que foram removidas de palafitas, no bairro de Brasília Teimosa, zona sul do Recife.