Porto Alegre – O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, telefonou ao novo presidente do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público, Roberto Bandeira Pereira, para retirar a expressão “Gestapo” das acusações que fez ao Ministério Público na quinta-feira em entrevista ao canal Globonews. Durante a conversa, na tarde de ontem, Dirceu admitiu que usou inadequadamente a expressão e disse que ela não retrata seu pensamento sobre o papel do Ministério Público e não ajuda no correto entendimento das considerações que ele mesmo fez na entrevista.