O atual diretor-geral do Detran do Paraná e ex-secretário de Segurança no governo de Beto Richa, Wagner Mersquita é um dos nomes cotados em Brasília para assumir a direção geral da Polícia Federal. O nome de Mesquita foi citado pelo novo ministro da Justiça Anderson Torres, que já avisou que fará mudanças no comando da corporação.

LEIA TAMBÉM Prefeitura retira multa de projeto sobre distribuição de comida em Curitiba

Wagner Mesquita trabalhou com o atual ministro na Polícia Federal e tem sido um nome de confiança de Anderson Torres. De acordo com o blog da jornalista Bela Megale, em O Globo, outros nomes também foram citados. Entre eles Alessandro Moretti, que foi secretário- adjunto de Torres na Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, o atual superintendente da PF no DF, Márcio Nunes de Oliveira, e o superintendente da PF em Minas Gerais, Cairo Duarte.

Torres e Mesquita atuaram juntos, em ações de combate ao tráfico internacional de drogas pela Polícia Federal. Ambos foram colegas de academia na Drug Enforcement Administration (DEA), nos Estados Unidos.

Leia mais sobre o assunto na coluna do jornalista Roger Pereira, da Gazeta do Povo.