São Paulo

– A dona de casa Isabel Brito Vieira Santiago, de 36 anos, tentou afogar os três filhos e se suicidar na noite de anteontem em Mongaguá, Litoral Sul de São Paulo. De acordo com a polícia, a viagem ao litoral foi programada justamente para matar as crianças. Elas foram salvas por um policial que ouviu os gritos dos filhos de Isabel. Suspeita-se que ela esteja sofrendo de depressão pós-parto.

As testemunhas Gessi Soares Santos e Jordânia ouviram uma gritaria vinda da Praia Agenor de Campos, onde moram, e decidiram verificar. De acordo com o casal, Isabel estava com o bebê de um mês nos braços e caminhava em direção ao mar na intenção de afogá-lo. Os outros meninos, um de 5 e outro de 11 anos, choravam pedindo socorro. As crianças foram encaminhadas ao Conselho Tutelar do município, que as deixará sob a guarda da avó, em São Paulo.