Uma operação da Polícia Civil que durou 24 horas prendeu entre esta segunda-feira, 14, e Terça-feira (15) 31 traficantes que atuavam na área de Mogi das Cruzes, município da região metropolitana de São Paulo. A ação teve início às 12h desta segunda. Do grupo, quatro são menores de idade, que foram conduzidos à Fundação Casa. O restante foi levado para os Centros de Detenção Provisória (CDPs) de Suzano e de Mogi.

A investigação que levou às prisões durou aproximadamente 90 dias, informou o delegado da Seccional de Mogi, Marcos Batalha. A operação foi supervisionada pelo Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro). “Tinha traficante que já era, inclusive, procurado por roubo, homicídio”, comentou Batalha.

Segundo o delegado, os integrantes do bando foram presos em Mogi da Cruzes e em cidades próximas como Itaquaquecetuba, Poá e Suzano. Batalha afirmou ainda que 130 policiais atuaram na operação, batizada de Tolerância Zero. Foram apreendidas na ação 1.290 embalagens de crack, cocaína e maconha.