Mais uma rodada de negociação entre trabalhadores da aviação civil e empresas aéreas mediada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) terminou sem acordo, segundo informações da Agência Brasil. Assim, um novo encontro foi agendado para a próxima quarta-feira, 27, na sede do Sindicato Nacional das Empresas Aéreas, em São Paulo.

Aeronautas e aeroviários estão em estado de greve e reivindicam reajuste salarial de 12%, aumento de 15% nos pisos salariais e nos benefícios econômicos e de 20% na cesta básica.