São Paulo

– Uma pessoa morreu e quatro tiveram ferimentos graves em um engavetamento de 31 veículos – entre os quais 11 carretas – às 11h30 de ontem, no km 7,5 da interligação Anchieta-Imigrantes. Luiz Alberto Lopes morreu ao ser socorrido no Hospital Público de Diadema. Sua mulher, Kátia Fernanda de Morais, teve ferimentos leves e recebeu alta. O pai dela, Fernando Augusto Tardego, está internado em observação, também em Diadema.

A dona de casa Maria Alberto Vieira, 62, e a publicitária Liliana Maria Vieira Maia, 38, tiveram ferimentos graves e foram levadas para o Pronto-Socorro Central de São Bernardo do Campo. A publicitária recebeu alta no fim da tarde. A dona de casa foi transferida para o Hospital Alvorada, em São Paulo.

Outras cinco pessoas tiveram ferimentos leves e foram atendidas no local do acidente. Uma das carretas, de propriedade da Transportadora Barelli, levava 17 mil litros de soda cáustica. Cerca de 50 litros do produto vazaram com o acidente, mas foram contidos na pista. O engenheiro da empresa, Cláudio Copolla, determinou que o material corrosivo fosse coberto com terra, que será levada a um aterro sanitário ou incinerada.

Chuva

O tenente da Polícia Rodoviária Estadual, Cláudio Ferreira da Silva, não soube explicar as razões do acidente. De acordo com a concessionária Ecovias, chovia muito na hora do engavetamento e a pista estava escorregadia. “O problema não foi a neblina. Um minuto antes do acidente, passei pelo local e a visibilidade estava em 300 metros”, disse o oficial.