Rio – Duas escolas suspenderam as aulas ontem na Tijuca, zona norte do Rio, com medo de ataques de traficantes. O Colégio Ícaro recebeu um aviso de supostos criminosos ameaçando os alunos se as aulas não fossem suspensas. Embora não tenha recebido qualquer telefonema, outra escola do bairro, a Pinheiro Guimarães, distante cerca de um quilômetro, também fechou. A ligação para o Ícaro partiu de um telefone público na Tijuca e a ligação foi feita na segunda-feira à noite. A ?ordem? dizia que inocentes iriam ?pagar com a vida? caso a escola não fechasse.

A ameaça pode ter partido do morro mais próximo à escola, o Salgueiro, mas também pode ter sido trote, segundo policiais. Ontem, havia policiamento em frente à escola.