O espaço aéreo brasileiro é seguro e controlado tecnicamente e operacionalmente por pessoas que honram seu trabalho, afirmou nesta terça-feira (3) o comandante do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta) 3, coronel-aviador José Alves Candez Neto. "Nesse momento, toda a Força Aérea está empenhada em garantir que o sistema funcione de forma segura", completou o comandante do Cindacta 4, tenente coronel Eduardo Antonio Carcavallo Filho. Os dois comandantes estão sendo ouvidos em sessão da CPI da Crise Aérea na Câmara dos Deputados

Sobre os atrasos em vôos do último final de semana, os comandantes disseram que problemas meteorológicos na região Sul causaram um "efeito cascata" nas áreas em que eles comandam. O Cindacta 3 localiza-se em Recife e o Cindacta 4 em Manaus.