Bauru

– A recuperação do trecho de 196 quilômetros da rodovia BR-153, entre os municípios de Lins e Ourinhos, na divisa de São Paulo com o Paraná, será iniciada na próxima semana por equipes do 11.º Batalhão de Engenharia e Construção do Exército, sediado em Araguari (MG). O convênio de emergência para a execução da obra, fixado em R$ 4 milhões, foi publicado pelo Diário Oficial da União de anteontem e prevê a liberação imediata de R$ 300 mil, para o início das obras. Esse trecho de estrada vem apresentando problemas há muito tempo, a ponto do Ministério Público Federal ter proposto uma ação que obriga o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) a recuperá-la de imediato. No último dia 8, começou a contar o prazo de cinco dias dado pelo juiz federal Flademir Jeronimo Belinati Martins para que o órgão inicie as obras, sob pena de seus dirigentes responderem por desobediência. Esse prazo vencerá na segunda. A BR-153 corta o País de Norte a Sul. A precariedade do trecho entre Ourinhos, Marília e Lins tem forçado os viajantes e utilizar as rodovias estaduais, especialmente a SP-333, que já apresentam sinais de exaustão.