A Petrobras esclarece que a explosão ocorrida nesta segunda-feira (18) pela manhã em uma unidade de sua subsidiária na Argentina foi em um complexo petroquímico, e não em uma refinaria, como constou em nota enviada anteriormente. Abaixo a reportagem corrigida.

Uma unidade petroquímica da Petrobras Energía S.A, subsidiária da petrolífera brasileira na Argentina, sofreu uma explosão nesta manhã. A unidade da subsidiária da Petrobras na Argentina fica localizada na zona norte do município de San Lorenzo, Província de Santa Fé. A explosão ocorreu às 9h50 (horário de Brasília) e a fumaça atingiu até 30 metros de altura, o que provocou pânico entre os habitantes das zonas vizinhas.

O fogo foi dominado pela equipe de bombeiros da refinaria, onde trabalham 500 operários, e ninguém ferido, segundo nota oficial da companhia. "A explosão não gerou feridos, e imediatamente a companhia acionou seu Plano de Contingências e controlou a situação no local" disse a nota.

Segundo a empresa, "uma vez concluído o procedimento, serão realizadas averiguações pertinentes para determinar a origem do acidente". A refinaria continua em funcionamento e somente o pessoal do setor afetado foi evacuado.