Brasília (Das agências) – O presidente Fernando Henrique Cardoso garantiu ontem no Palácio do Planalto durante a assinatura de convênios com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que vai dedicar no combate à violência o mesmo esforço destinado há oito anos para derrubar a inflação. Segundo FHC, não se pode simplificar o problema da violência. Segundo ele, é preciso entender que a pobreza precisa ser combatida mas não pode ser uma justificativa para o crime, pois sendo assim não haveria grandes grupos criminosos em países ricos. O presidente disse também que não se pode atribuir a culpa apenas à polícia, que precisa ter sua auto-estima elevada.. “Há raízes sociais no crime, mas isso não justifica a criminalidade. Essas simplificações confortam a alma de quem não quer conhecer melhor a questão. Nosso inimigo hoje é o crime. Vamos nos unir e derrotá-lo”, afirmou. O presidente disse também que serão instalados plantões sociais nas delegacias de polícia para resolver problemas ligados à violência doméstica.