São Paulo – Cerca de 1.500 funcionários da Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem) foram demitidos ontem de três unidades da instituição, segundo a assessoria da entidade. Os funcionários das Unidades Raposo Tavares, Franco da Rocha e Tatuapé foram substituídos por outros dois mil, que passaram por um período de um mês de treinamento. Ontem, um adolescente da Febem Tatuapé foi espancado por colegas e está hospitalizado em estado grave. Ele estava numa cela do chamado ?seguro?, onde ficam os ameaçados. O grupo entrou no local e o espancou com uma barra de ferro. A Febem suspeita que um dos funcionários demitidos tenha entregue a chave aos agressores. Inicialmente, o rapaz foi levado ao Pronto-Socorro do Tatuapé, mas teve de ser transferido para o Hospital das Clínicas.