Belo Horizonte (AE) – A Polícia Civil de Minas Gerais instaurou inquérito para apurar a misteriosa morte de uma criança de 8 anos esta madrugada. O menino Kesse Jhone Aroldo dos Santos faleceu dentro de um ônibus da empresa Gontijo, que seguia de Belo Horizonte para São Paulo. A morte foi constatada quando o veículo parou num posto na cidade de Camanducaia, no sul de Minas, quase divisa com São Paulo.

A tia do garoto, Eva Pereira da Silva Augusto, que o levava para seus pais – que moram na capital paulista -, disse que ele não aparentava nenhuma anormalidade desde o embarque na capital mineira. Eva contou que Kesse desceu normalmente numa parada anterior, no município de Perdões.

Segundo a ocorrência da Polícia Militar, o motorista do ônibus, Cândido Pereira, pediu ajuda a uma ambulância que estava nas proximidades e uma enfermeira estimou que o óbito tivesse acontecido cerca de uma hora antes.

Entre as hipóteses aventadas está a de que Kesse tenha sofrido um enfarte.