Clóvis Acostas Fernandes, conhecido como o “Gaúcho da Copa”, morreu na manhã desta quarta-feira (16) em Porto Alegre. Segundo informações da Rádio Gaúcha, ele lutava contra um câncer.

Ele se tornou um torcedor símbolo da seleção brasileira. Clóvis acompanhava o time nas principais competições. Nas arquibancadas, chamava atenção pelo chapéu e pela réplica da taça da Copa que carregava.

Ao todo, o Gaúcho da Copa acompanhou de perto a seleção em sete Copas do Mundo, de 1990 a 2014. Neste período, o Brasil venceu o Mundial duas vezes, em 1994 e 2002.

Paraná Online no Facebook