O grupo Gol anunciou a compra de mais 40 Boeings 737-800 e transformou em pedidos firmes 34 opções de compra do mesmo modelo. Com isso, o grupo amplia de 121 para 161 o número de jatos de seu pedido com a fabricante americana.

Os aviões poderão ser operados tanto pela Gol quanto pela Varig (VRG), adquirida em abril por US$ 320 milhões. O número de aeronaves para cada empresa, porém, não foi detalhado. De acordo com o vice-presidente técnico da Gol, Fernando Rockert de Magalhães, o pedido contribuirá para a redução de custos do grupo. ?O novo contrato reduzirá ainda mais os nossos custos e permitirá que a Gol continue modernizando sua frota com aeronaves novas?, disse, em nota.

Com o novo pedido, a Gol quer acelerar a substituição dos modelos mais antigos de sua frota, os 737-300. ?Esperamos que até o final de 2008 todas as aeronaves do modelo 300 deixem as frotas da Gol e da Varig?, afirmou Magalhães. Pelos planos anteriores, os jatos modelo 300, que foram incorporados à frota da Gol em 2004 por meio de arrendamentos de curto prazo, deixariam a frota apenas em 2009.