Brasília – O ministro da Defesa, José Viegas, disse que serão divulgados na próxima segunda-feira (10) os detalhes sobre o envio das tropas militares para o Rio de Janeiro. Segundo ele, a ajuda prevê o apoio maciço de meios de inteligência, inspeção, armamento, munição e equipamentos especiais. Eventualmente, poderão ser realizadas ações conjuntas como as polícias estaduais, em regiões previamente delimitadas, com o objetivo de resgatar armamento das quadrilhas organizadas que atuam na cidade.

As tropas ficarão sob o comando das Forças Armadas. O minstro Viegas declarou que ainda não foi definido o número de soldados que será enviado ao Rio de Janeiro. Na segunda-feira passada (2), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reuniu os ministros José Viegas e Márcio Thomaz Bastos, da Justiça, para discutir o tema.

“O senhor presidente da República determinou a mim e ao ministro da Justiça que estudássemos, com toda a consideração que merece o povo do Rio de Janeiro, a concessão de apoio ao atual quadro da segurança pública naquele estado”, assinalou o ministro, relembrando a orientação de Lula.