Cerca de 1 milhão de pessoas foram atingidas pela paralisação de ontem de parte do sistema de ônibus de São Paulo. Segundo o sindicato dos motoristas e cobradores, oito empresas pararam os serviços. Os passageiros mais atingidos foram os moradores da zona leste. A categoria protesta contra o atraso no pagamento do salário de dezembro e reivindica as horas extras devidas.