Ênio Seguins, de 40 anos, morreu pela manhã enquanto fazia uma trilha na Pedra da Gávea, na zona sul do Rio de Janeiro. No fim da tarde deste domingo, o corpo ainda não havia sido resgatado porque os bombeiros e toda a equipe de resgate acionada encontrava dificuldade para se locomover no local. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 9h15. Mas, apesar do uso de helicópteros e equipes de salvamento, as equipes não conseguiam fazer o resgate.

A página do Facebook de Seguins traz fotos suas em trilhas no Rio de Janeiro, uma demonstração de familiaridade com a atividade. De acordo com a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros do Alto da Boa Vista, acionado para o resgate, a área onde ocorreu o acidente apresenta mais dificuldades para quem faz trilhas. O lugar é conhecido como Garganta do Céu. Detalhes sobre o acidente ainda são investigados.