Goiânia – O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) descobriu um esquema de tráfico de animais silvestres do interior de São Paulo para a Europa. O esquema operava com cobras raras e os animais foram descobertos em pacotes de Sedex. Uma funcionária dos Correios descobriu 12 jibóias dentro de pacotes de Sedex. Assustada, ela acionou o Ibama, que identificou as espécimes raras da jibóia papagaio, que vive na Mata Atlântica na Amazônia. Segundo o Ibama, o animal está avaliado em cerca de US$ 1 mil no mercado negro de animais silvestres. Os animais foram despachados em sacos dentro de pacotes de Sedex de Rio Preto (SP). O destinatário era o goiano Fábio Kléber Silva, de 39 anos.