O seu próximo pedido de comida poderá chegar pela janela de casa em vez da portaria do prédio. É o que pretende o iFood ao lançar oficialmente o delivery por drones, num primeiro momento em Aracaju, capital de Sergipe.

De acordo com o anúncio, feito no começo desta semana, serão realizados voos diários a partir do shopping Riomar Aracaju para localidades da capital sergipana – entre elas o município de Barra dos Coqueiros, na região metropolitana.

LEIA TAMBÉM:

>> Três dicas para comer e beber nas festas de fim de ano e não engordar

>> Em um mês, Curitiba registra 30 mil infrações de trânsito por radar. Sabe qual é a mais comum?

O iFood afirma que a rota intermunicipal vai levar, em média, apenas 5 minutos e 20 segundos pelo ar, enquanto que via terrestre duraria de 25 a 55 minutos. Para Fernando Martins, head de logística e inovação da foodtech, a implantação dos drones permite ampliar a possibilidade de alcance do delivery,

“Escolhemos a cidade para testar novos modelos e promover uma nova experiência aos clientes da região. Além disso, foi fundamental a parceria com o governo local e com parlamentares que são entusiastas do desenvolvimento da inovação no local”, disse.

A empresa recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para realizar testes com drones em outubro do ano passado, sendo que já testava este tipo de entrega desde 2019 em Campinas (SP).

Como funciona

A entrega por drones é realizada por uma empresa parceira do iFood, a Speedbird Aero, com aparelhos específicos para esta modalidade de delivery. O voo ocorre em um percurso pré-estabelecido de um ponto de decolagem e pouso do equipamento, reduzindo em média 70% do tempo total nas rotas.

A partir do ponto de retirada do droneport, o entregador segue nos modais tradicionais (moto, bicicleta ou patinete) e transporta até a casa dos clientes. Manoel Coelho, CEO da Speedbird Aero, diz que o uso da tecnologia para logística está se popularizando no mundo, o que permite mais eficiência e sustentabilidade ambiental.

“É uma evolução constante, trazendo não só mais segurança, eficácia, e redução de tempo, mas também contribuindo na redução da emissão de CO2”, afirma.

Além do iFood, outras empresas já testam ou adotam a tecnologia de entrega por drones, como a concorrente Uber Eats, a Alphabet (proprietária do Google), Amazon e UPS.

Nova novela

Conheça o elenco principal de “Poliana Moça”

Quanto Mais Vida, Melhor

Flavia/Guilherme se esconde no bar de Teca

Além da Ilusão

Davi pede desculpa a Isadora por tê-la beijado

Confira!

John Wick 2 e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix