A saída para a viagem de Réveillon é tranqüila nos principais aeroportos do País. Os atrasos e cancelamentos apresentaram baixos índices durante esta manhã. Segundo o último boletim da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), até o meio-dia, das 811 partidas previstas, 58 saíram com atrasos acima de uma hora, o que representa 7,2% do total. Os cancelamentos, de acordo com a Infraero, atingiram 43 vôos, ou 5,3% do total.

A situação mais crítica foi verificada no Aeroporto de Natal, no Rio Grande do Norte. Segundo o boletim da estatal, dos 10 vôos programados até o meio-dia, três (30%) saíram fora do horário previsto e nenhum foi cancelado. No Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, o cenário é tranqüilo: das 102 partidas programadas, cinco atrasaram, o que corresponde a 4,9% do total. Já os cancelamentos atingiram 7,8% do total de vôos. O terminal do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, apresenta situação semelhante. Dos 111 vôos programados, oito (7,2%) atrasaram e um (0,9%) foi cancelado.

O Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, teve 11% dos vôos atrasados e 1,2% cancelados até o meio-dia. Também no Rio, o Aeroporto Santos Dumont apresentou nove cancelamentos, dos 31 vôos programados no período. Nenhum vôo saiu fora do horário previsto. Em Brasília, 11,3% saíram fora do horário e nenhum foi cancelado. No sul do País, os aeroportos de Curitiba e Porto Alegre registraram atrasos em 2,3% e 13,8%, respectivamente.