As concessionárias de telefonia fixa – Telefônica, Oi e Brasil Telecom – assumem oficialmente a obrigação de instalar uma infra-estrutura de banda larga em todo o País e de levar internet em alta velocidade a 55 mil escolas públicas urbanas. O programa de banda larga em parceria com as operadoras será lançado na terça-feira (8) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em solenidade marcada para às 11 horas, no Palácio do Planalto.

Previsto para ser concluído até 2010, o programa vem substituir a obrigação contratual que as empresas têm de instalar Postos de Serviços de Telecomunicações (PSTs), uma espécie de telecentro, com orelhões e acesso à internet. O projeto é considerado uma das prioridades do segundo mandato de Lula.

Para a cerimônia, foram convidados os ministros da Casa Civil, Dilma Rousseff, das Comunicações, Hélio Costa, e da Educação, Fernando Haddad, além do presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Ronaldo Sardenberg, e dos presidentes das concessionárias, entre elas a Telefônica, a Oi e a Brasil Telecom.