Um tiroteio intenso apavorou moradores de Santa Cruz, bairro da zona oeste do Rio, entre a noite de sexta e a madrugada deste sábado, 15. Por causa da troca de tiros, o corredor Transoeste do BRT (passagem expressa de ônibus) ficou fechado por cerca de sete horas entre Santa Cruz e o bairro vizinho de Campo Grande. A Polícia Militar fez operação nas favelas da região, mas ninguém foi preso. A invasão de traficantes de uma comunidade a outra, dominada por uma quadrilha rival, seria a explicação do tiroteio.

Os policiais foram acionados ainda na noite de sexta, reforçando o policiamento na Avenida Cesário de Melo e nas estações do BRT. Segundo o consórcio que administra o serviço de transportes, o tráfego foi suspenso em dois trechos do BRT e nas linhas de ônibus alimentadoras, que trazem passageiros de outras áreas para a via principal por onde passa o corredor expresso. O policiamento ficou reforçado hoje.

Moradores da Avenida Cesário de Melo, uma das principais da região, e arredores compartilharam vídeos em que é possível ver balas e ouvir muito barulho de tiro. Passageiros de ônibus se jogaram no chão dos veículos para não se expor a balas.