Subiu para 45 o número de mortos em consequências das fortes chuvas que atingem Minas Gerais desde a última quinta-feira, 23. Segundo o boletim da Defesa Civil do Estado divulgado nesta segunda-feira, 27, há ainda 18 desaparecidos e 12 feridos. A quantidade de desalojados chegou a 12.560 e dos desabrigados a 2.557. Diante da tragédia, o Estado ampliou para 101 o número de municípios em situação de emergência em função dos temporais.

De acordo com o relatório da Defesa Civil, 26 pessoas morreram na capital e na região metropolitana e 19 na Zona da Mata Mineira. Belo Horizonte lidera os óbitos, com 13, seguida dos municípios vizinhos de Betim e Ibirité, com seis e cinco, respectivamente.

Veja de quais cidades são as vítimas das chuvas em Minas Gerais:

– Belo Horizonte (capital): 13
– Betim (Grande Belo Horizonte): 6
– Ibirité (Grande Belo Horizonte): 5
– Alto Caparaó (Zona da Mata): 4
– Alto Jequitibá (Zona da Mata): 3
– Simonésia (Zona da Mata): 3
– Pedra Bonita (Zona da Mata): 2
– Luisburgo (Zona da Mata): 2
– Contagem (Grande Belo Horizonte): 2
– Divino (Zona da Mata): 1
– Santa Margarida (Zona da Mata): 1
– Manhuaçu (Zona da Mata): 1
– Tocantins (Zona da Mata): 1
– Carangola: (Zona da Mata) 1