O desempregado Rafael Máximo Santana, de 24 anos, foi preso, por volta da 0h30 desta quinta-feira, após tentar queimar viva a garota de programa Josete dos Santos Barbosa, de 26 anos, na Rua Ayrton Senna da Silva, no Jardim São José I, em São José dos Campos, a 91 quilômetros da capital paulista, no Vale do Paraíba.

Segundo policiais militares do 46º Batalhão de Policiamento do Interior (BPM/I), que detiveram o acusado na altura do nº 580 da Avenida das Rosas, no Jardim Motorama, o jovem, a pé, abordou a prostituta e, depois de se desentender com ela, jogou álcool sobre a garota e ateou fogo.

Como o álcool não foi jogado com precisão, a garota conseguiu apagar as chamas rapidamente, mas sofreu queimaduras de 1º e 2º graus do joelho para baixo, sendo levada pelos policiais para o pronto-socorro de Vila Industrial. Ao passar as características do acusado aos policiais, a viatura localizou o rapaz, que andava calmamente pelas ruas do bairro vizinho.

Segundo a polícia, o álcool utilizado no ataque foi comprado em um bar próximo ao local onde Josete costuma ficar à espera de clientes. Encaminhado ao 3º Distrito Policial de São José dos Campos, Rafael foi indiciado por tentativa de homicídio e será transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) Potim.