Brasília – A Justiça autorizou, ontem, o governo a cortar o ponto dos policiais federais que estão em greve. A decisão é do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1.ª Região e confirma decisão anterior da Justiça e nega recurso da Federação dos Policiais Federais (Fenapef). O corte do salário dos policiais grevistas foi alvo de uma guerra judicial nas últimas semanas. A princípio, a Justiça autorizou o corte, decisão posteriormente cancelada graças à ação judicial da Fenapef. Agora, com a confirmação do corte de ponto pelo TRF, o governo está finalmente autorizado a descontar os dias parados dos policiais grevistas. Com a decisão do TRF, o governo poderá contrariar 21 liminares obtidas em vários estados da Federação que impedem o corte de ponto de grevistas. Em nota divulgada à imprensa, a Fenapef disse que vai recorrer da decisão do TRF. A polícia federal era em greve há quase 50 dias.