São Paulo – A 6ª Vara Criminal da Justiça Federal em São Paulo decretou a prisão preventiva de nove suspeitos de lavagem de dinheiro presos pela Operação Kaspar 2, da Polícia Federal.

Os presos são: Claudine Spiero, Michel Spiero, Milton José Pereira Junior, Iria de Oliveira Cassu, Antonio Raimundo Duram, Valter Rodrigues Martinez e os suíços Reto Buzzi, Luc Marc Depensaz e Marc Henri Dizerens, que está foragido.

Outros três suspeitos foram presos em flagrante e oito estão em liberdade, aguardando o desenrolar do processo.

A Operação Kaspar 2 foi deflagrada para desmontar um esquema internacional de lavagem de dinheiro, remessa ilegal de dólares para o exterior e sonegação de impostos. Grandes empresas brasileiras, doleiros e funcionários de bancos estrangeiros estariam envolvidos, segundo apontam as investigações da PF.

A estimativa é que os crimes tenham causado prejuízo R$ 1 bilhão aos cofres públicos. Até o momento nenhuma denúncia formal foi feita pelo Ministério Público Federal.