José Cruz / ABr
José Cruz / ABr

O senador foi indicado por unanimidade pelo PMDB.

O senador Edison Lobão (PMDB-MA) informou nesta quarta-feira (16), ao sair de uma audiência com Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio do Planalto, que o presidente confirmou o convite para que ocupe o cargo de ministro de Minas e Energia. "O presidente Lula acaba de me convidar para o Ministério", relatou o senador. E acrescentou: "tomo posse na segunda-feira". Lobão foi indicado por unanimidade pelo PMDB para o cargo.

Lobão negou que a chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, tenha mostrado resistência à indicação dele para o Ministério de Minas e Energia. "Ela inclusive disse ter apreço por mim." Lobão também negou que o País corra o risco de enfrentar um novo racionamento de energia. "Todas as termelétricas estão sendo ligadas, paulatinamente, e até já voltou a chover", disse, brincando com o fato de chover em Brasília na noite de hoje. Ele rebateu ainda as acusações de que não teria conhecimento técnico para assumir a pasta e disse que outros ministros de caráter político passaram pelo ministério.