Brasília

(Das agências) – A pesquisa CNI/Ibope divulgada ontem traz apenas uma mudança significativa em relação à divulgada dia 10 de junho: a subida de Ciro Gomes, candidato da Frente Trabalhista (PPS, PTB e PDT) à Presidência da República. Pelos números anunciados pela Confederação Nacional da Indústria, coletados pelo Instituto Ibope, Ciro sobe de 9% para 11%. O pré-candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, cai de 39% para 38%; José Serra, candidato da coligação PSDB-PMDB, permanece com 19%; e o candidato do PSB, Anthony Garotinho, continua com os mesmos 13% da semana passada. Na prática, Ciro conseguiu empatar tecnicamente com Garotinho em terceiro lugar. O Ibope coletou os dados entre os dias 13 e 16 de junho. Em relação à pesquisa anterior feita pelo Ibope para a CNI, a evolução de Lula é incontestável. O pré-candidato petista salta de 25% em março para 38% em junho. Serra sobe apenas dois pontos, de 17% em março para 19%. Garotinho cai dois pontos, de 15% para 13%, e Ciro baixa de 14% para 11%. A margem de erro da pesquisa CNI/Ibope é de 2,2 pontos percentuais.O comando da campanha de Ciro atribuiu seu crescimento à exposição na televisão.