O pré-candidato do PT à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva, disse hoje (24), durante palestra na sede paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) não pode ser escolhido pelo presidente da República. ?Eu realmente defendo a independência dos Poderes. Um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) não pode ser da escolha do presidente da República. Era melhor criar um conselho para que se pudesse indicar essa gente. Porque essa gente não pode ficar na suspeição que está o Nelson Jobim agora, o Gilmar Mendes?, afirmou. ?Eu nem discuto a qualidade técnica, jurídica. Não está em jogo isso. Pode ser uma figura de notório saber jurídico mas o que eu discuto é o compromisso político-ideológico. Eu não acho isso legal?, completou o petista.

Lula disse que, da mesma forma, não considera ?justo? o presidente indicar ministros para o Tribunal de Contas da União (TCU). ?É a Suprema Corte, está certo que a nossa julga muito pouco, mas é vista pela sociedade como a coisa mais importante. Então uma palavra não tem que ter dúvida. É preciso criar novos mecanismos para que a gente possa ter uma justiça mais sadia e mais independente?, afirmou ele.