O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em discurso na posse do novo ministro da Defesa, Nelson Jobim, que tem medo de andar de avião. "Toda vez que entra em um avião, quando ele fecha a porta, coloco minha vida nas mãos de Deus", disse. Lula afirmou que não é segredo para ninguém que o setor aéreo vive uma crise e que não cabe ao governo ficar buscando culpados e, sim, buscar a verdade: "Ao governo não cabe culpar ninguém, não cabe ficar falando o que acha, mas cabe, sim, buscar a verdade e dizer somente a verdade.

Ao abrir seu discurso, Lula afirmou que o momento mais difícil na vida de um presidente da República é sempre quando tem que "trocar um companheiro por outro companheiro, mas, na política, muitas vezes, isso se faz necessário." O presidente disse que a crise pela qual passa o País no setor aéreo é decorrência de vários problemas e não de um único, isolado. "Problemas esses que, possivelmente, já existiam, mas só vieram à tona com a queda do avião da Gol (em 29 de setembro do ano passado)", disse Lula. Acrescentou que, desde esse acidente, vem acompanhando todo o esforço que cada representante de órgãos do governo responsáveis pelo setor aéreo estão fazendo para encontrar a solução definitiva para a crise.