Brasília (AE) – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher, Marisa, juntamente com os ministros da Casa Civil, José Dirceu, e do Turismo, Walfrido Mares Guia, jantaram ontem no apartamento do presidente nacional do PTB, deputado Roberto Jefferson (RJ). Segundo adiantou o anfitrião, o encontro foi sugerido pelo próprio presidente, na semana passada. “O presidente disse que quer me prestigiar, especialmente depois do noticiário equivocado contra o PTB”, contou Roberto Jefferson, referindo-se à notícia segundo a qual o governo teria “comprado” o PTB nas eleições municipais.

“Vou mostrar que você tem prestígio e é um amigo”, teria dito Lula ao deputado. Jefferson trabalha para que o PT feche com os trabalhistas a chapa da reeleição de Lula em 2006.

Alvaro

Uma suposta negociação entre o PT e o PTB nas últimas eleições municipais foi criticada pelo senador Alvaro Dias (PSDB-PR). Ele denominou a aliança de “negócio eleitoral”.

Presidente admite reeleição

Brasília – Ao parabenizar os atletas paraolímpicos brasileiros pela conquista de 33 medalhas em Atenas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva acabou mostrando que estaria disposto a cumprir mais um mandato presidencial. Lula disse que espera receber os atletas depois das Paraolimpíadas de Pequim, em 2008. O atual mandato presidencial termina em 2006.

Na cerimônia, Lula destacou a força de vontade dos atletas, afirmando que eles abriram muitas portas com sua participação, incentivando inclusive outras pessas a praticarem esportes. O presidente disse que isso é mais uma demonstração de que o brasileiro deve realçar sua auto-estima, porque “o mais importante do Brasil é o brasileiro”. Ele criticou o fato de muitas empresas só quererem patrocinar os atletas renomados, daí a importância do papel do Estado.

Na cerimônia, a Caixa Econômica Federal assinou a prorrogação de seu patrocínio ao Comitê Paraolímpico Brasileiro até dezembro de 2008. “Vocês abriram muitas portas e fizeram tudo o que era possível fazer. Então até, quem sabe, Pequim”, disse Lula.