O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou solidariedade ao governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), ao discursar quarta-feira (30) durante o VII Fórum dos Governadores do Nordeste, em Maceió (AL).

O Ministério Público do Ceará instaurou inquérito para apurar se Cid Gomes cometeu improbidade administrativa ao levar Europa, em um jato fretado, três pessoas que não estavam em viagem oficial, entre elas a sua sogra.

"A gente não pode permitir que um companheiro da qualidade do Cid seja mostrado a nível nacional apenas porque atendeu a um pedido da mulher para levar sua mãe. Sei o que é isso e você tem a minha solidariedade", disse o presidente.

Lula afirmou que não entra no mérito de julgar se é certo ou errado o fato de levar a sogra na viagem, mas lembrou que um jato é fretado por quilometragem e não por pessoa. "Se, em vez de sua sogra, você tivesse levado um empresário, não teria tido problema", disse.

O presidente afirmou que conhece o trabalho de Cid Gomes no Ceará e que as coisas boas feitas pelo governador não aparecem na mídia. "Isso não contribui para a política porque, na hora em que as pessoas começam denegrir a imagem do político, o que vem depois não é sadio", disse Lula.