Ao menos três pessoas foram mortas a tiros e sete feridas, na Grande São Paulo, entre a noite de ontem e a madrugada de hoje. Nenhum suspeito pelos crimes foi preso.

Na zona norte, cinco homens foram baleados na rua Giuseppe Marino, no Parque Novo Mundo, zona norte de São Paulo, por volta das 2h.

Os baleados foram levados ao pronto-socorro do Hospital Vila Maria, onde dois morreram.

Um homem foi morto a tiros em frente a uma casa na rua Catamarca, Vila Buenos Aires, zona leste, por volta das 20h30. Ele foi levado ao pronto-socorro de Emerlino Matarazzo, onde morreu.

Por volta da 1h, outro homem foi baleado na rua Luiz de Oliveira, no Jardim Dom José, na zona sul.

Segundo a PM, homens em duas motos dispararam vários tiros contra a vítima que estava em um carro. Ela foi levada ao pronto-socorro Hospital M’Boi Mirim.

Em Osasco, um homem foi encontrado baleado na Passagem Joaquim Fraga, no bairro Bela Vista, por volta das 21h. Ele foi levado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) a um hospital da região.

Outro homem foi baleado por ocupantes de um carro na rua Virgílio, na Vila Humaitá, em Santo André, por volta das 19h. Ele foi levado ao Centro Hospitalar Municipal da cidade.

Troca de tiros

Um criminoso foi baleado ao tentar matar um policial militar à paisana, no Jardim Irene, em Santo André, na Grande São Paulo, por volta das 19h30 de ontem.

Segundo a PM, o policial estava em uma padaria na rua dos Ciprestes quando três homens entraram no local e atiraram.
O PM trocou tiros e baleou um dos criminosos, que foi levado ao pronto-socorro da Vila Luzita. Outros dois homens fugiram em um carro.