A bancária Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe da menina Isabella, de 5 anos, que, na noite do último sábado, teria sido jogada do sexto andar de um edifício no bairro Parada Inglesa, zona norte da capital paulista, já havia registrado queixa à polícia contra o ex-marido, o consultor jurídico, Alexandre Alves Nardoni, de 29 anos em 2003, segundo reportagem exibida na última terça-feira (1º) pelo "Jornal do SBT".

Na ocasião, Isabella tinha 1 ano e 4 meses. Ana Carolina, de 23 anos, afirmou à polícia que Alexandre vinha fazendo ameaças contra ela e a mãe dela, avó de Isabella. A bancária afirmou também que o ex-marido ameaçou matá-las e sumir com Isabella após um discussão.