Brasília – O ministro da Cultura, Gilberto Gil, informou nesta terça-feira (13) que mais de 2 mil cidades assinaram o protocolo de intenções do Sistema Nacional de Cultura (SNC), cujo objetivo principal é articular as ações da área nos estados e municípios.

?Estamos estimulando a criação dos fundos municipais e dos conselhos municipais de cultura, e esse aparato vai facilitar a intermediação com Ministério da Cultura?, disse, em entrevista a emissoras de rádio parceiras da Radiobrás.

Gil lembrou que, além do SNC, os recursos para a área podem ser pleiteados por meio das leis estaduais de incentivo e pela Lei Rouanet.

Ao explicar o funcionamento do Programa Mais Cultura, que prevê investimentos de R$ 4,7 bilhões até 2010, o ministro disse que todas as regiões do país terão oportunidades de demandar o atendimento aos seus projetos.

?Espero que todas as áreas que precisam sejam atendidas, em todos os estados?, disse, ressaltando que há recursos limitados no orçamento.

Questionado sobre o tráfico de influência para liberação de recursos da Lei de Incentivo à Cultura, detectado em Brasília pela Polícia Federal, Gil garantiu que não tem conhecimento de que isso ocorra em outros locais do país.

?Se tivéssemos conhecimentos de desvios de conduta em outros lugares, teríamos feito como fizemos em Brasília, entregando o caso à instância de controle do governo federal?.