Dezenas de manifestantes ocuparam o plenário da Câmara de Vereadores do Rio na manhã de hoje (9) e, neste momento, fazem uma assembleia para decidir suas demandas em relação ao resultado da eleição do presidente da CPI dos Ônibus.

 

Em eleição hoje pela manhã, o vereador Domingos Brazão (PMDB) foi escolhido presidente da comissão. Os manifestantes queriam que a presidência fosse entregue ao vereador Eliomar Coelho, do PSOL, que propôs a CPI.

 

Um outro grupo de manifestantes está posicionado do lado de fora do gabinete da presidência da Casa, onde ocorria uma coletiva de imprensa com vereadores. Os manifestantes estão bloqueando a saída dos parlamentares e policiais militares se posicionaram isolando grupo. Entre os vereadores estão Chiquinho Brazão e o presidente da Casa, Jorge Felipe, que permitiu a entrada de quatro manifestantes na sala.

Na Câmara, há vários cartazes pedindo que a CPI não termine em pizza. Há, inclusive, pichações em paredes e na porta do gabinete do vereador Brazão. No plenário os manifestantes estão sentados nas cadeiras dos vereadores e alguns ocupam a mesa diretora.