A paciente internada com febre amarela em São Paulo apresentou evolução no quadro clínico, mas continua sem previsão de alta. As informações são do boletim médico da mulher de 42 anos – cujo nome não foi revelado -, divulgado pelo Hospital São Luiz, localizado no Morumbi, zona sul da Capital.

Esse é o primeiro caso de febre amarela na cidade desde 2000, e o segundo confirmado pelo Ministério da Saúde, desde o início do ano. No último dia 6, a mulher foi hospitalizada, com febre, náuseas, vômitos e mal-estar. A doença teria sido contraída em Mato Grosso do Sul, onde a paciente esteve no final de 2007.