Paulo Roberto Colombiano Santos, tesoureiro do Sindicato dos Rodoviários de Salvador (BA), foi assassinado na noite de ontem junto com a mulher dele, Catarina da Ascensão Galindo, ambos de 53 anos.

Segundo uma testemunha, dois homens em uma motocicleta abordaram o casal por volta das 19h30 na Rua Teixeira Barros, no bairro de Brotas, em Salvador. Os suspeitos dispararam sete tiros contra os dois. Um deles atingiu a cabeça de Catarina. Os outros atingiram as regiões da axila, barriga e tórax de Santos.

A polícia investiga o caso, mas ainda não tem suspeita de quem teria cometido o crime. O tesoureiro vinha sendo ameaçado há algum tempo, porém a polícia não tem pistas sobre quem fazia as ameaças.