Diversas celebridades utilizaram as redes sociais, na última quinta-feira, para repercutir o caso da menina de 16 anos que sofreu estupro coletivo, em uma comunidade do Rio de Janeiro, na última segunda-feira.

O Ministério Público acompanha o caso e já recebeu 800 denúncias. A Polícia da capital fluminense já identificou quatro suspeitos, dos 33 que participaram da violência sexual.

Pelo Twitter, a apresentadora Monica Iozzi publicou uma imagem forte e ressaltou a tristeza por conta do fato ocorrido. “Hoje não há espaço para a alegria. O corpo de uma menina foi violentado, sua alma foi dilacerada por 30 homens”, escreveu. Em outra postagem no Facebook ela publicou o relato de uma de suas seguidoras de apenas 13 anos, confira:

O ator Caio Blat também falou sobre o assunto. “Covardes nojentos. Cadeia para todos”, disse o global. A atriz Claudia Hohana destacou que “isso não pode mais acontecer! Aonde estamos? Que mundo é esse?”.