O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro foi ao Twitter para rebater declarações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro em pronunciamento nesta sexta-feira (24). Moro disse que nunca usou o cargo de diretor da Polícia Federal (PF) como moeda de troca para uma futura nomeação dele para o Supremo Tribunal Federal (STF).

LEIA MAIS – “Não posso aceitar minha autoridade confrontada por qualquer ministro”, diz Bolsonaro ao rebater acusações