O número de turistas estrangeiros que visitaram o Brasil caiu 6 3% em 2006, na comparação com o ano anterior, segundo pesquisa da Organização Mundial do Turismo. O País, que está em 37º lugar entre os destinos mais procurados do mundo, recebeu 5 milhões de visitantes. A América do Sul registrou discreto crescimento, de 2,2%.

Também houve redução no número de turistas no México, país da América Latina em melhor posição no ranking da entidade. Oitavo destino turístico do mundo, o México recebeu 24,1 milhões de visitantes – queda de 2,6%. Viajaram pelo mundo, em 2006, 842 milhões de pessoas – um crescimento de 4,9%.

Para o diretor de Estudos e Pesquisas da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), José Francisco Lopes, a queda de 340 mil visitantes está relacionada à falta de oferta de 1,2 milhão de assentos da Varig, que parou de operar há um ano. ?As outras companhias ofereceram 722 mil assentos a mais. Temos, então, um déficit de 478 mil.? Ele ressalta que o País se mantém no patamar de 5 milhões de visitantes, o que é um ?fator importante para a consolidação da indústria do turismo no Brasil?.

Lopes qualificou a crise aérea como um problema ?desagradável?, mas que ?não impede o turista de viajar?. Para ele, a perspectiva da vinda de estrangeiros para 2007 é positiva, mas é preciso contabilizar o julho para que se façam projeções. ?Temos o exemplo do turismo interno, que cresceu 10% no primeiro semestre deste ano, comparado a 2006.?

As informações são do jornal O Estado de S.Paulo