O Ministério Público Federal, com o apoio da Polícia Federal, montou uma operação hoje de manhã para a busca e apreensão simultânea no Centro Integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta I), de Brasília, bem como nos departamentos de controle de tráfego aéreo de Guarulhos (Cumbica) e São Paulo (Congonhas).

Segundo o MPF, a operação tem como objetivo a apreensão dos registros de ocorrências, os quais contém informações sobre as falhas no controle de tráfego aéreo, o que permitirá avaliar os riscos aos quais estão expostos os passageiros e tripulantes de aeronaves.

Após a apreensão, o MPF requisitará peritos e começará a análise do material apreendido. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela juíza federal Maria Isabel do Prado, da 2ª Vara Federal de Guarulhos.