Sorocaba – O “abril vermelho” anunciado pelo coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, contabilizava até ontem 103 invasões em 17 estados, com a mobilização de 29.073 famílias. O balanço considera apenas as ações do MST, mas inclui as invasões da última semana de março, a partir do dia 27. Estão previstas novas ações para os próximos dias, até mesmo na primeira semana de maio. Segundo o coordenador nacional João Paulo Rodrigues, as ocupações fazem parte da estratégia de luta do movimento. Pernambuco continua na liderança no número de ocorrências – 32 ocupações envolvendo 8.275 famílias. Sergipe aparece em segundo lugar com 14 invasões, mas um número pequeno de famílias mobilizadas: 1.719. No Estado de São Paulo, terceiro colocado, foram 12 ocupações, com a mobilização de 3.540 famílias.