Realizar a transição de carreira sempre foi algo desafiador para os profissionais. Com a chegada da pandemia, mesmo diante de um cenário que exige maior cautela para eventuais mudanças, esse foi o período em que mais brasileiros passaram a considerar a existência de um propósito profissional. Em outras palavras, algo que traga motivação e novos desafios para o dia a dia no trabalho. O dado é corroborado por uma pesquisa realizada pela Kaspersky, no qual aponta que 53% dos brasileiros consideram mudar de emprego devido à pandemia.

Do outro lado da moeda, as empresas também passaram a aumentar a busca por profissionais no período, principalmente na área de Tecnologia da Informação. Apenas em 2020, um levantamento da Catho apontou um crescimento de 174% na procura por desenvolvedores e de 252% na posição de cientista de dados. O relatório aponta que essa explosão da demanda ocorreu por conta da necessidade das empresas na adaptação ao trabalho remoto, garantir a segurança da informação e preservar a sustentabilidade das operações.

Neste contexto, os bootcamps de tecnologia ganharam mais notoriedade, já que são cursos intensivos recomendados para quem procura uma formação rápida e eficaz na área. De acordo com os últimos resultados publicados pela Ironhack, escola global de tecnologia e programação, 89% dos estudantes foram empregados no prazo de 180 dias após a graduação. Um exemplo disso foi Wagner Franca, que atuava como funileiro automotivo em uma fabricante de carros, e optou por fazer o bootcamp de Data Analytics da Ironhack São Paulo para se especializar na área de tecnologia.

Atualmente, o profissional atua como analista de dados e conseguiu a recolocação antes mesmo do curso acabar. “O bootcamp me ajudou de várias formas, não só com o conhecimento, mas também com a troca de experiências entre alunos de diversas áreas e países. Esse compartilhamento nos fez entender um pouco de como seria o dia a dia nas diversas áreas que estávamos estudando”, explica Franca.

Para Richard Vasconcelos, especialista em Educação e Recursos Humanos e CEO da LEO Learning, empresa de soluções digitais para treinamentos corporativos, esses cursos rápidos são indispensáveis para quem está fazendo a transição de carreira. “Este não é o momento de investir em graduação de longa duração. Por ser uma área muito técnica, quem não está acostumado pode acabar perdendo a vontade de
aprender. Por isso, cursos técnicos de menor duração, workshops e até mesmo vídeos educativos no YouTube são as principais ferramentas para quem busca conhecer a área de TI”, explica Vasconcelos.

Outro ponto destacado pelo especialista é a importância de conhecer as opções de carreira dentro da área da tecnologia. Cada uma delas possui detalhes técnicos e uma linguagem específica. Uma dica para entender bem esses diferenciais é pesquisar as qualificações que o mercado de trabalho tem buscado nos profissionais e, assim, decidir qual a área mais adequada para investir.

Vasconcelos alerta ainda que hoje não basta aos profissionais apenas se especializar em uma determinada vertente de atuação, mas também desenvolver habilidades técnicas. “As competências comportamentais são extremamente necessárias. Muitas vezes as pessoas são contratadas pelo conhecimento, mas deixam a desejar no comportamento.

Por isso, desenvolver soft skills ajuda a manter o profissional na empresa e até mesmo a crescer na área”, relata. “Muitos profissionais de TI têm dificuldades em se comunicar, gerir e liderar pessoas. Investir em cursos de comunicação e oratória são caminhos que podem ajudá-los a se desenvolver e obter sucesso na carreira”, finaliza.

Vagas de trabalho em TI

*A Company Hero anuncia a abertura de 33 vagas de emprego para diversas áreas de atuação, como desenvolvimento e tecnologia, comercial. As posições em TI para pessoas de qualquer região, no modelo de home office, são: Devops; Desenvolvedor Full Stack; Desenvolvedor Python Pleno e Desenvolvedor Python Jr. Veja mais no site da Company Hero: https://www.companyhero.com/carreiras 

*A Compugraf está com 2 vagas de emprego disponíveis para a área de tecnologia. As posições em TI são para Analista Programador Júnior e Pleno. Para participar do processo seletivo, os candidatos devem enviar os currículos para o e-mail: rh@compugraf.com.br (https://www.compugraf.com.br/)

*A Enext Wunderman Thompson Company está com 15 vagas de emprego para profissionais especializados em Front e Back-End Pleno/Sênior, Gerente de Projetos Sênior, Coordenador de CRM, Especialista em Front-End VTEX , Analista de CRM Tech Senior, entre outros. Os interessados em se candidatar às vagas podem realizar diretamente as inscrições pelo link.